27 de nov de 2017

Injustiça

Qual a forma mais fácil de lidar com as pessoas que te abandonam sem motivo algum ?
Como se defender quando não querem te ouvir?
O que fazer quando você não tem poder algum para fazer com que o mundo seja capaz de ver o seu coração?
Se vissem, saberiam que sou pura. Se pudessem abrir pelo menos um pouco os ouvidos, ouviriam a verdade.
A verdade é que eu nunca machuquei, nunca persegui, nunca insisti. Tudo que fiz foi ser eu mesma e todas as ações anteriores, aconteceram sim mas foram contra mim. Incontáveis vezes. Eu nunca precisei disso e mesmo assim perdoei.
Eu sempre guardei em mim a melhor parte de tudo, agora começo a sentir tristeza por guardar em mim algo tão bonito, por pessoas que se quer se dão ao trabalho de ouvir o que tenho a dizer.
Eu não sei o que fiz ou deixei de fazer para perder você também. Eu achei que você me amasse, achei que você estaria sempre do meu lado, você prometeu nunca me deixar e eu prometi nunca deixar você. Eu prometi cuidar de você assim como você cuidou de mim quando eu mais precisei.
Nós eramos amigas, de estrada e de alma e nada justifica o seu abandono sem ao menos dizer adeus.
Se fiz algo, me diga. Se você simplesmente não me quer na sua vida, me diga também, não me deixe aqui pensando que fiz algo ruim.
Não faça o que fizeram, não cometa o mesmo crime.
Como sempre nada posso fazer além de escrever.
Percebo que o melhor remédio é o tempo e ele sozinho vai mostrar o tamanho da injustiça.
Espero que a natureza seja mansa quando devolver exatamente o mesmo sentimento que eu sinto agora.
Não faz sentido nenhum, é apenas cruel e desumano.
Eu não mereço isso e muito menos tentar falar com quem não quer me ouvir. Mas escrevo para registrar que minha alma é pura e minha consciência é limpa.
Eu vou seguir e ter meu luto em paz. Mesmo sabendo que é injusto, mesmo sabendo que não é bonito de se ver, eu vou seguir e vou sobreviver.
Espero que um dia você perceba o tamanho do seu erro, eu estarei de braços abertos esperando pois não condeno.
É difícil perder uma mãe duas vezes. É difícil ser acusada de algo que nunca fiz. É difícil lidar com a ausência do buraco que você deixou em mim quando tudo que eu fiz foi te amar de forma incondicional. Você deveria ter sido a primeira a questionar a veracidade de coisas ruins que dizem sobre mim, me perguntar, pois nunca minto, nunca menti. Me dói ainda ter que aceitar e desisitir de tentar falar com você. Acho que vou apenas seguir meu caminho e tentar colocar um curativo nessa ferida que você me causou. É difícil, mas é preciso. Eu espero tanto que um dia você possa enxergar isso, enxergar nada fiz e que jamais seria capaz de fazer. Você deveria saber disso pois conhece minha alma. Me machuca mais ainda ver que você pensa tão pouco de mim.
Eu vou sobreviver sem você :/ 

Espero que um dia você veja o quanto essa atitude foi cruel.