11 de set de 2015

Por que a vida fica melhor quando você liga o FODA-SE ?



Hoje de manhã estava refletindo sobre o quanto a vida é injusta e nos maltrata. As vezes até demais, as vezes quando você mais precisa nenhum filho da puta se propõe a te ajudar. Raríssimas são as pessoas que realmente se importam com a gente de verdade, raras são as coisas que realmente nos trazem alegria para a alma. Me peguei pensando em inúmeras situações em que me calei, deixei passar apenas pra não me estressar, e agora percebo que isso não faz muito sentido. Já evitei discussões, pessoas e lugares, tudo pra não me expor a situações em que eu sabia que iria me magoar. Mas agora pensei melhor e decidi que não vou mais esconder minhas opiniões, meus pensamentos serão mais livres do que nunca, minhas decisões serão tomadas apenas pensando em mim e no meu bem estar. Por que afinal, quem se importa? Cheguei em um ponto de explosão, não vou mais guardar pra mim o que se passa na minha mente, porque estou cansada de ver o mundo cheio de idéias patéticas, gente escrota e traidora e não falar nada sobre isso. Estou cansada de ver as coisas tomando um rumo que eu não quero e me calar. Estou cansada de ver a vida passando e continuar no mesmo lugar. Eu decidi que não mais terei medo, não mais pensarei em prós e contras como uma boa garota deve fazer. Eu decidi ligar o foda-se porque no final, quem se importa ? Timão e Pumba já sabiam disso há muito tempo, que quando o mundo vira as costas para você, você vira as costas para o mundo ! Então é isso ! Vamos todos ligar o foda-se, falar o que a gente pensa sem papas na língua, sem medir se fulano x vai gostar da nossa opinião ou não. Chega de se esconder , chega de não mostrar pro mundo quem nós somos de verdade, chega de não termos nossa liberdade, no final é só isso que levamos dessa vida. Então vamos aproveitar o agora para sermos a versão mais pura e verdadeira de nós mesmos, vamos nos libertar das correntes dos bons costumes e ligar um foda-se bem grande pra todo mundo que tentar nos impedir.

\o/