10 de set de 2015

Dermatite atópica e corticóides tópicos




Quem tem dermatite atópica já usou pelo menos uma vez na vida algum medicamento com corticóide. Depois de 25 anos de D.A. fui aprendendo com o tempo o que me fazia bem e o que fazia mal. Infelizmente demorou tempo demais para perceber o quanto o efeito dessa droga pode ser devastador e o quanto ela mais atrapalhou do que ajudou. A pergunta que não quer calar é:por que médicos continuam prescrevendo corticóides descontroladamente para atópicos? Já fui em diversos médicos e rara foram as vezes que me trataram com a devida atenção. Será que eles não aprendem na faculdade que dermatite atópica não tem cura? Será que eles não estudaram os efeitos dos corticóides tópicos a longo prazo na pele de um atópico? Por que é que ainda tratam a dermatite atópica como se fosse uma doença passageira que precisa ter apenas os sintomas combatidos? Não funciona assim, quem tem essa doença há algum tempo sabe muito bem do que estou falando. Sempre que eu estava em crise, eu usava cremes com corticóides, o que me ajudava bastante mas o preço a pagar por essa ajuda mísera e temporária era bem alto. Na semana seguinte, tudo que tinha melhorado com o remédio, voltava duplamente pior. Aí eu voltava correndo pro médico e o que ele me recomendava ? MAIS CORTICÓIDE! Adivinhem o que acontecia uma semana depois ? Sintomas piores, lesões maiores do que as que tinham inicialmente. É um ciclo que não acaba, é horrível, é desumano, é violento! Eu vivi assim por um longo tempo, tratava minha pele com o que tinha e me acostumei a ter semanas boas e semanas ruins, até que um dia eu chutei o balde e parei de usar corticóides tópicos, foi quando eu conheci o Protopic, o único remédio que realmente me ajudou sem ter um efeito rebote do inferno. Hoje é bem difícil eu ter uma crise como as que eu tinha antigamente, não tenho fotos para mostrar, talvez isso seja bom, nunca mais quero saber o que é ter o corpo todo sangrando em carne viva por causa de imperícia médica. É uma triste realidade que poucos conseguem ver, é algo que eu gostaria que mudasse, é algo que todos os médicos que pensam em cuidar de atópicos deveriam estudar mais a fundo, porque se eles não sabem desse tipo de informação, como é que nós , meros pacientes iremos saber? Demorou pra eu descobrir, muitas pessoas ainda não sabem, muitos ainda continuarão cuidando da dermatite atópica desse jeito ridículo e insustentável. Eu tenho efeitos colaterais por causa do uso dessa droga até hoje, infelizmente irreversíveis. Por favor, converse mais com seu médico sobre opções alternativas, pergunte sobre todos os efeitos que o remédio vai causar, discuta sobre as possibilidades, não vá pra casa com dúvida, não vá correndo pra farmácia comprar o seu tratamento sem saber tudo sobre ele antes. Depois pode ser tarde demais. Nós merecemos respeito e a verdade sobre nossa condição. Dermatite atópica não tem cura, é algo que você leva pra vida com você, ela se torna parte de quem você é e cabe a você decidir como você vai viver com ela. Sempre busque segundas opiniões e métodos alternativos !

Fonte : minha vida