4 de fev de 2015

Uma carta para o meu passado



Minha querida garotinha, como vai o seu dia?
Espero que esta carta possa te encontrar de bom humor, que o seu quarto não tenha sido arrumado de forma que você não consiga encontrar seus brinquedos, que a vovó tenha feito aquele feijão novo com bastante caldinho que você adora. Queria te dizer que mesmo que hoje não seja um dia tão bom, dias melhores virão. Você não precisa se preocupar tanto com as provas, com os seus colegas idiotas da escola, você nunca mais irá vê-los novamente de qualquer forma. Nenhuma das pessoas que você conhece vai fazer diferença alguma na sua vida.
Continue lendo as suas histórias, não deixe que digam que sua imaginação fértil não serve pra nada, não deixe que ninguém tire a fantasia de você,  é a única coisa que você vai precisar para ter uma vida incrível, acredite em mim, ser adulta é até legal, mas sem fantasia a vida é uma droga. Talvez você devesse passar mais tempo com seus primos, brinque mais fora de casa e pare de uma vez por todas de ter vergonha da sua pele, quanto antes você aceitar como você é, melhor. Eu sei que você não gosta, mas por favor, dedique-se mais nas aulas de matemática, sei que é chato e parece não servir pra nada, mas um dia você vai descobrir que serve sim e se arrepender de não ter estudado mais. 
Não perca tempo com suas paixões, nenhuma delas vai dar certo, nenhum deles vai valer a pena. Sabe o príncipe encantado que você acha que existe ? Ele existe de verdade e você vai encontrar ele em breve, talvez essa seja a melhor fase da sua vida. Você ainda vai viajar muito, conhecer lugares que você nunca imaginou que pudesse chegar, sozinha. Talvez você passe tempo demais sozinha, mas isso vai ser essencial para o seu crescimento espiritual, um dia você vai entender. 
Um dia a mamãe vai ter que ir embora, por favor, passe mais tempo com ela, diga para ela todos os dias o quanto você a ama, e quando a hora chegar, não a culpe pela sua partida tão breve deste mundo. Não seja tão dura consigo mesma, não tente ser tão forte, você é apenas uma criança, se tiver que chorar, chore. Não se esconda, não tente ser tão independente. Você vai ver todos crescendo e decidindo coisas que talvez você não esteja pronta para decidir, e tudo bem, não se sinta mal por isso. Você vai conhecer o mundo, fazer amigos de todos os continentes, terminar a faculdade dois ou três anos mais cedo não vai te dar tanta experiência de vida quanto a escolha que você vai fazer. Você está certa, não deixe ninguém te dizer o contrário. Continue sonhando, todo os dias, escrevendo, todos os dias. Estude mais, leia mais e se puder viaje mais também. Um dia você terá pouco tempo pra fazer tudo isso e talvez se arrependa um pouco, nada muito grave. 
As vezes você vai sentir que os problemas não tem solução, mas todos tem e tudo vai passar. Você vai descobrir isso em você, a sua força e sua independência farão de você uma mulher preparada para a vida. Talvez você devesse ir um pouco mais devagar apenas, não gaste tanto dinheiro com bebidas, se puder, nem experimente essa merda, não vale a pena. Quando te oferecerem drogas ilícitas, não aceite, não levam a nada, exceto LSD. 
Enfim, talvez você não entenda tudo isso agora, talvez você esqueça que recebeu esta carta, eu mesma não me lembro de ter recebido e é estranho. Apesar do que eu possa te dizer, talvez você seja alguém totalmente diferente se você não fizer as coisas que eu te digo para não fazer. É complicado, a vida é esquisita, os caminhos parecem não fazer sentido algum.
Esse sentimento de dúvida que você sente agora, vai permanecer com você por um longo tempo, e o nosso futuro ? Não sei o que reserva pra nós ainda, estou esperando uma carta, para tentar ser mais cuidadosa em minhas escolhas, se receber, te aviso.

Até logo e tenha uma ótima vida.

Vanessa Guimarães de 2015 para Vanessa Guimarães de 1997.