11 de jun de 2014

Abra as janelas



Se estiver em dúvida, abra as janelas, deixe o ar entrar.
Não pode ser tão ruim assim.
Seque estas lágrimas de sangue, permita-se cicatrizar.
Não é incrível nossa capacidade de se regenerar ?
Quantas vezes você já caiu? E hoje está em pé !
Todos já foram feridos, todos já feriram.
Jogar é uma arte , quem sair primeiro deixa o outro na mão.
Mas nem tudo é proposital , olhe de novo.
Irrelevantes, inconsequentes, irreverentes, incoerentes.
Na maior parte do tempo.
Se nada faz tanto sentido, se tudo é tão passageiro...
Por que se preocupar ?
Na dúvida, abra as janelas.